fernanda (alequinhos) wrote,
fernanda
alequinhos

feliz dia do homem?

Ontem eu descobri que existe o dia do homem. Minha primeira reação? Ah, os dias para celebrar quem nunca sofreu preconceitos.

Homenagens como o Dia da Mulher, do Orgulho Gay e da Consciência Negra existem para celebrar todas as conquistas que essas minorias alcançaram e relembrar que ainda falta muito o que percorrer. E por isso, quando escuto falar em datas como Dia do Homem, Orgulho Hétero e - pelo amor de deus - Consciência Branca, é impossível não revirar os olhos.

Não há necessidade de se celebrar o orgulho de ser hétero porque héteros nunca foram tratados como aberrações, doentes e pecadores; nunca foram privados de seus direitos civis ou tiveram que temer pela vida pelo simples fato de ser hétero; nunca tiveram nenhum motivo para não ter orgulho de ser o que são.

A Consciência Branca devia ser a percepção de que o preconceito contra o negro não deixou de existir com a assinatura da Lei Áurea; devia ser notar toda discriminação que ainda rodeia a raça negra e como a integração racial ainda é extremamente precária.

Mas o dia do homem, eu percebi, deveria existir, sim. Não pra celebrar a loira gelada, futebol e bundas, como a gente vê pelo Facebook - porque, de novo, pelo amor de deus. Mas deveria existir, sim, para todos os homens que também sofrem com o machismo nosso de cada dia. Porque as pessoas costumam esquecer que machismo não prejudica apenas mulheres.

Então hoje eu gostaria de desejar feliz dia dos homens para todo homem que não nasceu biologicamente homem; para todo homem que gosta de homem e não é nem um pouco menos homem por isso; para quem já teve que ouvir que "homem não chora" e que "macho de respeito" não faz isso ou aquilo; para quem já foi ridicularizado por fazer ou gostar de "coisas de mulherzinha"; enfim, para todo homem que já se sentiu limitado, humilhado ou constrangido a não ser exatamente como é.

Para todos vocês, de todo meu coração, sintam-se celebrados.
Tags: it's not me it's you, let's be serious for a moment, let's talk about feminism
Subscribe

  • aquele da importação dos médicos

    Nas últimas semanas eu já discuti sobre esse assunto uma dúzia de vezes - o que foi ótimo, porque eu fui juntando uma…

  • the one with God

    Eu não sei se eu acredito em Deus. Acho que eu gosto de pensar que sim, porque é reconfortante. Gosto de pensar que minha mãe…

  • I wonder all the time why worry

    As pessoas andam falando muito sobre o ocorrido no BBB na madrugada do último domingo, e fala-se muito em opinião. Ok. Você pode…

  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your IP address will be recorded 

  • 1 comment